top of page
  • Foto do escritorAchei Pneus

Armazenagem de pneus: Qual a forma correta de armazenar pneus?

Se você é um motorista que possui dois jogos de pneus/aros em sua casa, saiba que o armazenamento correto impacta na durabilidade e evita problemas na hora de rodar com os pneus quando estiverem instalados em seu veículo!


Pneus armazenados de maneira adequada

No artigo de hoje, vamos mostrar como fazer a armazenagem correta dos pneus e tirar as principais dúvidas sobre o tema. Fique com a gente e acompanhe os principais assuntos do blog de hoje:


Por que armazenar os pneus quando não estiverem sendo usados

A principal razão de armazenar pneus é bem objetiva: para que eles durem o máximo possível. Dessa forma, é possível fazer bom uso deles pelo maior tempo possível, garantindo uma longa vida útil. Existem vários fatores que podem prejudicar esses itens quando armazenados de forma indevida: chuva, calor e umidade, por exemplo.


É importante conhecer as maneiras adequadas de armazenamento desses produtos, ou uma série de danos podem ser detectados por conta do descuido: rachaduras, bolhas, delaminação, entre outros. Com um cuidado adequado e armazenamento correto dos pneus, reduz-se significativamente a chance de que isso aconteça.


Quando armazenado corretamente, um pneu pode ter uma sobrevida de anos! Mas para que isso seja possível, é necessário conhecer as formas adequadas de estocá-lo e os cuidados para que não haja deterioração acelerada com o tempo. 


Como fazer armazenagem de pneus de forma correta

Os pneus são muito resistentes. Conseguem durar mais do que cinco anos enquanto suportam milhares de quilos, calor da estrada, chuva e todo tipo de terreno hostil, como lama e areia. Ainda assim, se guardados de forma incorreta, podem apresentar todo tipo problema, por isso é importante entender como armazená-los de forma adequada:


1. Faça a remoção dos pneus com cuidado

O primeiro passo, e também um dos mais importantes, é o de remover de forma adequada os pneus que já estão instalados. É necessário removê-los com cuidado do veículo, observando com atenção a posição em que estão. Para que, da próxima vez que forem colocados no carro, possam girar corretamente. Isso vai ajudar o pneu a se gastar de maneira mais uniforme durante o uso.


2. Limpe e seque os pneus

Com o uso constante, os pneus acabam sujando. A poeira e areia acumuladas neles e nas rodas podem causar danos se ficarem ali por muito tempo. Por isso, é importante fazer uma boa limpeza antes de armazenar esses itens. O recomendado é usar apenas água, sabão neutro e uma escova para remover a sujeira (caso haja pedras e detritos nos sulcos dos pneus, é possível utilizar uma ferramenta como, por exemplo, uma chave de fenda para removê-las. Tenha cuidado no processo). Caso os pneus estejam instalados, é importante limpar as rodas também. Para isso, use um limpador de rodas apropriado, seque os pneus com a ajuda de uma toalha e espere algum tempo para que estejam completamente secos antes de prosseguir.


3. Embale os pneus em plástico

Depois que os pneus já estiverem limpos e secos, o próximo passo é colocá-los em sacos plásticos individuais. Isso vai impedir a entrada de umidade e evitar um novo acúmulo de poeira ou sujeira. É recomendado o uso de sacos herméticos ou, se não for possível, sacos de lixo grossos. Outra opção é enrolar lonas em volta dos pneus. É importante remover o máximo possível do ar dentro da embalagem e lacrar as saídas dela com fita adesiva.


4. Armazene os pneus corretamente

É muito importante procurar armazenar os pneus em ambientes que sejam fechados, secos e limpos. Evite contato direto com a luz do sol, pois a exposição direta de raios UV pode causar deteriorações nos pneus. Essa exposição pode levar a buracos e vazamentos e, em casos mais graves, a banda de rodagem pode até se desprender do resto do pneu. É importante também que o local seja fresco, sem a presença de fontes de calor como, por exemplo, fornos ou motores elétricos.


Armazém de pneus

Caso seja necessário que os pneus fiquem ao ar livre, alguns cuidados a mais são necessários. Além de bem embalados e cobertos, é importante que eles não fiquem em contato direto com o chão. Precisam ser colocados em uma superfície mais elevada. Vale ressaltar que se ficarem ao ar livre por longos períodos, sem uso, os pneus podem ficar ressecados e ter rachaduras em sua superfície também.


Os cuidados com o armazenamento são essenciais para garantir que os pneus continuem em bom estado mesmo em longos períodos de tempo. Um local propício e as devidas precauções são importantes para que possam ser utilizados novamente. 


Dúvidas na hora da armazenagem correta dos pneus

Apesar de seguir as instruções de armazenamento apresentadas anteriormente, algumas dúvidas ainda podem estar presentes, uma vez que cada caso vai ter suas particularidades e cuidados específicos para prestar atenção. Por conta disso, confira abaixo algumas dúvidas comuns sobre estocagem de pneus que podem ajudar:


Devo guardar os pneus com as rodas ou sem?

Agora temos duas situações: armazenar os pneus com as rodas, ou sem elas. Em cada um dos casos, é necessário ter atenção no posicionamento de cada um.


Caso os pneus não estejam montados nos aros, a melhor maneira de posicioná-los é colocando cada um na horizontal (deitado). Isso vai fazer com que os itens não sofram tanto estresse e evitem danos em sua estrutura. Jamais pendure os pneus sem os aros, pois a borracha poderá se deformar com o tempo e danificá-los.


Se seus pneus já estiverem instalados nas rodas, a melhor alternativa também é empilhá-los na horizontal (deitados). Isso evitará o peso excessivo do aro e preservará a banda de rodagem. É importante se certificar de colocar algum forro ou proteção entre eles para que as rodas não corram o risco de serem arranhadas. Também é muito importante garantir que a pilha de pneus não fique alta demais, pois eles podem tombar e acabar se tornando algo perigoso. Essa é uma preocupação de segurança que deve ser lembrada.


É importante lembrar que ao armazenar os pneus montados, você pode remover parte do ar. Isso tira a pressão dos compostos do pneu quando guardados. Como não há peso nos pneus, não há motivos para que estejam com pressão total. Pode deixá-los relaxar até a metade da pressão normal.


Posso deixar os pneus parados? 

Para garantir que seus pneus vão durar o máximo possível, é importante que sejam girados e reposicionados periodicamente enquanto estiverem armazenados. Caso contrário, o peso do próprio pneu será exercido em cima de uma área somente do mesmo. Reposicionar e girar o produto vai ajudar a evitar desgastes irregulares na banda de rodagem do pneu.


Um bom modo de fazer isso é mover os pneus, um de cada vez, e colocá em uma nova posição a cada mês, mais ou menos. Por exemplo: Se estão guardados quatro pneus empilhados na horizontal, é importante trocar a ordem para que cada um deles passe um tempo no topo da pilha e também na base. Já se você colocou os pneus na vertical, gire eles periodicamente para que não fiquem sempre com o peso apoiado em uma única parte.


E se houver desgastes antes do armazenamento? 

Caso os pneus já estejam um pouco desgastados, o recomendado é que eles sejam inspecionados por um profissional. Um especialista em pneus pode dizer se vale a pena armazená-los ou se é melhor que sejam substituídos por novos.


Por quanto tempo podem ser armazenados?

Talvez essa seja a maior dúvida de quem está pensando em manter os pneus armazenados por um tempo mais longo. Se forem armazenados da forma adequada, seguindo os passos que foram descritos neste artigo, é possível manter os pneus guardados por seis anos ou talvez até mais! Lembre-se sempre de que a vida útil do pneu armazenado depende do quão bem eles são cuidados.


Essas são apenas algumas das perguntas que podem surgir sobre esse tema, mas trazem um grande esclarecimento sobre como armazenar os pneus corretamente. Com essas informações, é possível aumentar a vida útil desse tipo de produto consideravelmente, permitindo um melhor rodízio dos mesmos no veículo e criando uma experiência mais segura por mais tempo.


Gostou do conteúdo?


Se ainda ficou alguma dúvida, deixe nos comentários que auxiliamos você. Ou, se preferir, fale conosco pelo WhatsApp (47) 9999-5584 e converse com um de nossos especialistas!


Não deixe de acompanhar nossas redes sociais: Facebook e Instagram. 📲

471 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page