Carros híbridos: entenda como os carros elétricos têm ganhado destaque no Brasil

Atualizado: 19 de jul.


Em um cenário onde o combustível está com valores cada vez maiores, carros elétricos ganham destaque no cenário nacional. O motivo: um aumento de 9% nas vendas de veículos híbridos em relação a maio de 2021 - dados são da Associação Brasileira do Veículo Elétrico (ABVE). Esse aumento equivale a 3.102 veículos, proporção pequena se comparado aos carros de combustão, mas que vem mostrando que esses novos modelos têm tudo para ganharem maior atenção no mercado automotivo. Mas será que os preços dos motores elétricos têm agradado aos consumidores? Nesse artigo você vai entender como funcionam os carros híbridos, além dos modelos mais comercializados no Brasil e seus valores.


O que é um carro híbrido?


O carro híbrido (ou elétrico) é um modelo de veículo que propõe a diminuição de gastos com combustíveis, uma vez que ele funciona tanto na versão convencional, isto é, a combustão, quanto na versão elétrica.


Há três versões tecnológicas para esse tipo de veículo, diferenciados pelas siglas HEV (Hybrid Electric Vehicle), PHEV (Plug-in Hybrid Electric Vehicle) e MHEV (Mild Hybrid Electric Vehicle). Mas, afinal, o que significam na prática essas siglas?


HEV: Veículo Elétrico Híbrido, no português, utiliza um sistema combinado a um motor de combustão, geralmente de maior potência, à uma ou mais unidades elétricas. Nesse sistema, é o motor à combustão que tem a função de gerar a energia para as baterias do veículo.


PHEV: Veículo Híbrido Plugável, no português, é um sistema semelhante ao HEV, sua diferença está na parte de recarga das baterias, que é feita de forma externa, ou seja, é realizada em tomadas ou pontos de carregamento específico para carros elétricos, (como já é realizado em carros totalmente elétricos).


MHEV: Veículo Híbrido Leve, no português, prioriza um sistema contrário aos anteriores. A combustão é a prioridade e o motor elétrico fornece suporte em algumas situações para o motor à combustão, fazendo, assim, uma economia de combustível.


Vantagens e Desvantagens do carro elétrico


Embora esses modelos de carro elétrico estejam ganhando popularidade entre os consumidores brasileiros, os carros híbridos ainda perdem alguns pontos no quesito preço. A alta nos valores desses carros podem ser o diferencial na hora dos compradores finalizarem suas compras de um novo veículo.


Entenda algumas vantagens e desvantagens:


VANTAGENS DO CARRO HÍBRIDO:
  • Economia de combustível: por ter um sistema gerador de energia através da eletricidade, a economia de combustível (gasolina, diesel) é o ponto mais forte dos carros híbridos.

  • Direção silenciosa: Um conforto para os motoristas, já que esse tipo de veículo conta com um motor extremamente silencioso, fazendo uma direção sem ruídos.

  • Menos emissão de poluentes: Com uma direção elétrica, a queima de combustível é mínima ou zero, quando o carro é 100% elétrico. Com isso, não há emissão de poluentes como os carros tradicionais do mercado.


DESVANTAGENS DO CARRO HÍBRIDO:

  • Valores altos no mercado: Preços altos para a média do mercado brasileiro. O carro mais barato da categoria dos híbridos não fica abaixo dos R$150.000,00, o que em muitos casos pode ser um ponto negativo na hora da compra.

  • Pouca infraestrutura para carregamento no Brasil: O Brasil ainda está recebendo novos modelos e se adaptando a essa nova modalidade, por isso, em muitas cidades há poucos pontos de carregamento para esse tipo de veículo. Esse é um ponto extremamente negativo caso o motorista precise fazer longas viagens e tenha que carregar constantemente seu veículo.

  • Manutenção mais cara que as convencionais: Por ter equipamentos caros, como é o caso das baterias, a manutenção desse tipo de veículo também é mais cara que as manutenções dos veículos tradicionais.

  • Menor desempenho: Como o objetivo desses carros é ser mais econômicos, o desempenho fica em segundo plano se comparado aos veículos à combustão, um ponto que pode incomodar alguns motoristas que são fãs de desempenho veicular.


Modelos de carros híbridos mais econômicos do Brasil


Na lista dos carros híbridos mais econômicos do Brasil estão também Renault Kwid e BMW i3. Confira a lista dos cinco veículos mais econômicos da categoria.


1. JAC E-JS1

O JAC E-JS1 é o veículo com menor custo por km rodado do país. O modelo tem autonomia de 300km com apenas uma recarga. O custo de seu carregamento é de R$7 a cada 100 km rodados! Seu consumo comparado a um veículo de combustão é de 60,3 km/l na cidade e 52,9 km/l na estrada.


2. RENAULT KWID E-TECH

O Renault Kwid está em segundo lugar na lista de mais econômicos devido a sua autonomia de até 298 km com apenas uma recarga. Seu consumo é equivalente a mais de 52 km/l na cidade.


3. FIAT 500E

O primeiro carro 100% elétrico da Fiat conta com uma autonomia de 320 km com uma única recarga e seu consumo equivalente é de mais de 43 km/l.


4. BMW I3

Com uma autonomia de 260 km, esse modelo tem um carregamento médio de 45 minutos com sua bateria de alta voltagem em uma estação de carregamento rápido CC.


5. CHEVROLET BOLT

O último carro da lista é o Chevrolet Bolt com uma autonomia de 416 km no ciclo EPA. Com uma carga super rápida por chegar a aproximadamente 145 km em apenas 30 minutos de carregamento ou, 80% de recarga total da bateria em apenas uma hora.


Modelos de carros elétricos mais baratos do Brasil


Listamos os cinco carros mais baratos no Brasil do momento. O preço pode ser pouco atrativo para o bolso de alguns consumidores e pode variar de R$ 140 mil a R$ 255 mil. Confira os cinco modelos mais baratos da categoria.


1. CAOA CHERY ICAR

O modelo número 1 no quesito barateza é o Caoa Chery, equipado com um motor elétrico de 61 cv e 15,3 kgfm de torque, esse modelo está custando em média no mercado brasileiro R$139.900.


2. RENAULT KWID E-TECH

Em segundo lugar no quesito economia, o Kwid assume também a segunda colocação em valores. Esse modelo tem um motor de 65 cv de potência e 11,5 kgfm de torque. Para adquirir um modelo é preciso desembolsar em média R$146.990.


3. JAC E-JS1

O terceiro lugar dos mais baratos tem um propulsor de 62 cv e potência de 15,3 kgfm de torque. Seu valor em média é de R$164.900.


4. RENAULT ZOE

O Renault Zoe possui um motor elétrico de 135 cv e potência de 25 kgfm de torque. Esse novo modelo no Brasil está custando em média R$239.990.


5. FIAT 500E

O modelo 500e possui motor de 118 cv de potência e 22,5 kgfm de torque, sendo o segundo mais potente depois do Zoe. O valor desse modelo em média no Brasil é de R$255.990.



Agora que você sabe um pouco mais sobre os motores elétricos comercializados no Brasil, comente aqui se você adquiriria um dos modelos acima ou se ainda prefere os modelos a combustão tradicionais!

Não deixe de nos seguir no Instagram @acheipneus e compartilhar nossos conteúdos!