Fabricante de pneus de moto Rinaldi conversa com motoboys para saber o que não pode faltar na rotina


segurança do motoboy

Eles sempre foram importantes na rotina cada vez mais agitada das grandes cidades. Mas no último ano, por conta da pandemia de Covid-19, eles se tornaram fundamentais. Estamos falando dos motoboys.


São eles que agilizam a entrega de documentos, medicamentos, refeições e até itens de mercado. No entanto, a rotina dessa categoria é cheia de desafios. Vias em péssimas condições, motoristas desrespeitosos, clientes apressados e clima chuvoso são algumas das condições que os motoboys enfrentam com frequência.


Como é a medida do pneu de moto: aprenda como saber o tamanho dos pneus que você precisa!


A Rinaldi, uma das principais fabricantes de pneus para motos no Brasil, conversou com alguns motoboys que exercem a profissão há muito tempo. Experientes, eles apontaram algumas dicas importantes e citaram itens essenciais que devem ser conferidos.


Confira o checklist de segurança do motoboy feito pela Rinaldi


Itens obrigatórios para motoboys


Antes de mais nada, é importante ressaltar que a segurança do motoboy inicia com o seu instrumento de trabalho. Por isso, o Conselho Nacional de Trânsito (Contran) estabeleceu, em sua Resolução nº 14/98, os seguintes itens obrigatórios para as motonetas, motocicletas e triciclos:

  • Espelhos retrovisores de ambos os lados;

  • Farol dianteiro de cor branca ou amarela;

  • Lanterna, de cor vermelha, na parte traseira;

  • Velocímetro;

  • Buzina;

  • Pneus que ofereçam condições de segurança;

  • Dispositivo destinado ao controle de ruído do motor;

  • Iluminação da placa traseira;

  • Indicadores luminosos de mudança de direção dianteiro e traseiro.

Confira os preços especiais de pneus de moto na Achei Pneus Itens essenciais para motoboys


Além dos itens obrigatórios para a moto, existem outros pontos essenciais que um motoboy deve utilizar para a sua segurança pessoal, por exemplo:

  • Antena corta pipa;

  • Mata cachorro;

  • Colete refletivo - principalmente para aqueles que trabalham de noite;

  • Joelheiras;

  • Capacete com faixas refletivas;

  • Refletivos no baú ou na mochila;

  • Placa vermelha;

  • Carteira A com observação que exerce atividade remunerada;

  • Carteirinha de motofretista legalizado.

Conferência diária para segurança dos motoboys


Antes de iniciar o trabalho diário, todo motoboy deve conferir ainda:


Dicas de quem entende do assunto


Além de contribuir para a criação do checklist da categoria, os profissionais entrevistados pela Rinaldi também deram algumas dicas para os motoboys que estão começando a atuar nessa profissão. Confira:

"Procure trabalhar dentro da lei, com seus documentos legalizados, com carteira de habilitação em dia e com a moto em dia. Pilotar com cautela, respeitar o próximo, respeitar os pedestres e respeitar valores são outras dicas importantes. Tente fazer contratos! E dê preferência para a noite ou para o dia: não trabalhe direto, não abrace tudo. Já trabalhei dessa forma e vi que é importante manter um foco” - Vagner Pressi Barbosa, 13 anos de profissão.

Pneu para Biz 125. Qual o melhor? Conheça os pneus Rinaldi

“Eu trabalho como motoboy há uns 20 anos. Minha esposa também trabalha comigo há uns 12 anos. Já sofri vários acidentes, sempre gerados por outros veículos. A minha principal dica é: dirija sempre na defensiva, nada é tão urgente como sua própria vida! Esteja sempre ligado em tudo ao seu redor. Isso é importante por questões de assaltos e de acidentes também. Ande na lei e cobre o preço correto, pois você não está a passeio! E lembre-se sempre que o urgente só é urgente pois alguém esqueceu de fazer antes. Não vai ser o boy chegando cinco minutos antes que vai resolver o problema”- Ivo José Fracalossi, 20 anos de profissão.
“Mais atenção no trânsito, pois os condutores andam cada vez mais dispersos, principalmente com os olhos nos celulares. E nunca esqueça de fazer uma oração e pedir proteção antes de sair de casa” - Cláudio Saucedo Penha, 19 anos de profissão.

* Informações publicadas originalmente pela Rinaldi (www.rinaldi.com.br).