Você conhece as partes do pneu do seu carro? Aprenda agora mesmo

Atualizado: 17 de Jul de 2020

Nem sempre escolher um pneu é uma tarefa fácil, certo? Ainda mais levando-se em consideração que é um item essencial para o bom desempenho do veículo e para a segurança dos ocupantes. Principal conexão entre o veículo e o chão, os pneus sustentam o peso do automóvel e absorvem os impactos do terreno.


Nós já explicamos aqui no blog da Achei Pneus como é feita a fabricação de um pneu. Agora, vamos te apresentar cada uma das diferentes partes do pneu.


E por que deveria saber sobre isso? Porque os pneus influenciam outras partes do carro, como os sistemas de suspensão, direção e frenagem.

Sabendo disso, você consegue escolher o melhor pneu para seu veículo. Aliás, prefira sempre um produto de boa qualidade e procedência. Lembre-se que o barato pode sair muito caro, ainda mais quando se trata de um item tão importante.

Por falar em valor, ter cuidado com os pneus e fazer as manutenções necessárias torna o produto mais durável.

Conheça agora cada uma das partes de um pneu e suas funções.


1. Banda de rodagem

A banda de rodagem é a única parte do pneu que fica em contato direto com o chão. Suas principais funções são resistir a atritos, evitar cortes e perfurações. Quando se acelera, freia ou direciona o veículo a resposta é dada pela banda de rodagem. Por isso é tão importante que ela esteja em boas condições de uso, para que “obedeça” os comandos do condutor. O que significa, por exemplo, o pneu não estar “careca”.


A banda de rodagem é composta pelos seguintes elementos:


– Sulcos:

São os espaços da banda de rodagem. Eles servem para drenar a água, evitar deslizamentos e refrigerar o pneu, além de reduzir ruídos. São eles que determinam a aderência do pneu em pisos secos e molhados. Você pode conferir o nível de aderência do pneu através da etiqueta do Inmetro (veja imagem ao lado). É também entre os sulcos da banda de rolagem que estão os TWIS (Tread Wear Indicator). Eles são pequenas barras de borracha que servem para indicar a hora de trocar o pneu. Para saber mais sobre o TWI clique aqui.

- Ombro:

Vai da extremidade da banda de rodagem até a lateral do pneu. Sua função é aguentar a transferência de peso no momento de curvas. Por isso, o ombro do pneu tem papel importante na estabilidade do veículo. Para aguentar os desgastes, essa parte possui uma quantidade extra de borracha.


– Barras:

Essa é a parte da banda de rodagem que está diretamente em contato com o chão. É nas barras do pneu que o motor exerce tração, ou seja, o impulso que faz o veículo andar.


– Ranhuras:


Elas são o “desenho” da banda de rodagem de cada pneu. Elas auxiliam na drenagem de água e na redução de temperatura do pneu, além de diminuírem os ruídos.


Tudo isso faz parte da banda de rodagem! Agora, vamos para as outras partes.


2. Lateral


Também conhecida como área de flanco ou de costado, a lateral do pneu é responsável por amortecer irregularidades do solo. Por isso mesmo, ela possui uma borracha com propriedades específicas, que é mais resistente e flexível. É isso que garante mais conforto ao motorista. Quanto mais fino for o pneu, menos confortável será a sensação.

3. Carcaça

A carcaça é a estrutura interna do pneu. Ela é formada por camadas sobrepostas de cintas, também conhecidas como lonas. Essas cintas são compostas por fios de poliéster, nylon ou aço. Por cima das cintas, também fazendo parte da carcaça, vai uma camada de borracha para evitar atritos internos. A carcaça do pneu é responsável por resistir à pressão, ao peso do veículo e a choques. É ela que determina e os índices de carga e velocidade. Os pneus disponíveis na Achei Pneus indicam esses índices (veja imagem acima).


4. Cintas estabilizadoras

Se você pensa que pneu é formado apenas de borracha está enganado. As cintas ou lonas estabilizadoras, por exemplo, são formadas por fios de aço sobrepostos. A função das cintas é garantir que o pneu tenha mais contato com o solo, dando mais estabilidade ao veículo. São elas que restringem o diâmetro de cada pneu e também evitam que objetos perfurem a carcaça. Os pneus usados em carros que atingem altas velocidades usam mais de uma cinta estabilizadora.

5. Talão

O talão é uma estrutura de fios de aço revestidos com cobre e impermeabilizado com borracha antioxidante. É uma estrutura de alta resistência. Sua função é fixar o pneu na roda do veículo e evitar o vazamento de ar. Os talões estão localizados nas duas extremidades da carcaça do pneu.

6. Estanque ou Liner

O estanque, também conhecido como liner, é o revestimento interno do pneu. São camadas de borracha que protegem a carcaça contra umidade. Nos pneus com câmara de ar o estanque é feito com borracha macia para não estragar a câmara. Já nos pneus sem câmara de ar, ou seja, nos pneus radiais, a borracha é impermeável. Isso permite a vedação e impede o vazamento do ar comprimido, evitando a perda de pressão do pneu.


Agora que você já conhece as diferentes partes do pneu, ficará mais fácil identificar certas informações em nosso site. Não deixe de aproveitar as ofertas da Achei Pneus!


Tem alguma dúvida ou sugestão? Conte para a gente nos comentários.


Para receber as notificações de nossas respostas aos seus comentários, torne-se um membro do blog! Basta se cadastrar no topo desta página :)


Se você se interessou por esse post, separamos outros que você deve gostar também :)


Leia também:

Como ler as medidas do pneu? Aprenda como saber o tamanho do pneu!


Validade do Pneu. Será que um pneu tem validade mesmo? Confira.

8 Dicas para evitar o desgaste dos pneus




© 2018 Achei Pneus | www.acheipneus.com.br

  • Facebook Achei Pneus
  • Instagram Achei Pneus