top of page
  • Foto do escritorAchei Pneus

Aquaplanagem: O que é e como os pneus certos te ajudam a evitar isso

A aquaplanagem é um fenômeno que acontece quando um veículo perde atrito com o piso por conta de um acúmulo de água na superfície. Isso faz com que o motorista perca o controle da direção e pode causar acidentes. Por isso, é necessário atenção redobrada na hora de dirigir em lugares molhados ou sob chuva pesada.


Um bom pneu, entretanto, é uma excelente ferramenta para amenizar esse tipo de situação. Existe uma série de benefícios que um bom pneu pode oferecer para tornar a direção mais segura mesmo quando é necessário andar em pistas molhadas. Entenda os riscos desse problema e como se prevenir.


carro com pista molhada

O que você vai encontrar sobre aquaplanagem: 💦


Como a aquaplanagem acontece e quais são os riscos?

O fenômeno da aquaplanagem pode ser provocado em superfícies molhadas, quando há acúmulo de água na pista. Quando isso ocorre, o pneu demonstra uma grande perda de dirigibilidade, pois perde o contato com a estrada e começa a deslizar sob a camada de água. É uma situação extremamente perigosa, pois não é possível controlar o veículo com responsividade e uma frenagem brusca pode levar o carro a derrapar ou causar acidentes ainda maiores, como capotamento.


Ao perder o controle do veículo, o motorista se coloca em uma posição muito perigosa, não só para ele, mas para os demais carros e pedestres na pista também. Para evitar lesões e prejuízos, é importante ficar atento aos riscos de aquaplanagem e saber como se comportar nesse tipo de situação.


A ocorrência da aquaplanagem é agravada em altas velocidades, por isso é importante reduzir a aceleração quando estiver dirigindo em estradas molhadas ou sob chuva. Por conta da superfície com água, a distância de frenagem também é severamente prejudicada, o que só reitera a importância dessa precaução. Na hora de frear sob a água, por conta da menor aderência, o veículo desliza mais, prejudicando a segurança. Por conta disso, é importante procurar pneus de qualidade, além de dirigir de maneira responsável e cautelosa.


Como pneus com ótimos índices de aderência em pista molhada ajudam a evitar aquaplanagem

Bons pneus são ferramentas importantes para impedir que aconteça aquaplanagem. Isso acontece porque eles são ferramentas indispensáveis na hora de dirigir com tração e aderência. Pneus em boas condições são capazes de realizar um eficiente escoamento de água, assegurando maior aderência à superfície e impedindo que o veículo perca contato com a estrada e deslize sob a camada de água da pista, ocorrendo assim a aquaplanagem.


Aderência em pista molhada Etiqueta Inmetro

Procure modelos com bons índices de aderência, uma vez que essa classificação do Inmetro é um indicativo da performance do produto na hora de drenar água, mas também pode significar uma banda de rodagem construída com um composto mais eficiente e que consegue entregar um contato mais firme com a pista. 


Para saber se o pneu possui um bom índice de drenagem em situações de aquaplanagem, busque o símbolo de “aderência em pista molhada” na Etiqueta Inmetro, é ele quem indica, em uma escala de A (maior aderência) a G (menor aderência), a aderência do pneu em pista molhada, no ato da frenagem.


Além de um pneu com bom desempenho, também é preciso que a calibragem esteja adequada, se mantendo o mais perto possível das orientações oficiais presentes no manual do veículo. A calibragem ideal faz com que o pneu demonstre uma superfície otimizada de contato com a pista, conseguindo realizar uma drenagem adequada da água na superfície para garantir melhor aderência à pista na hora do rolamento.


A presença de bons e eficientes sulcos no pneu são outra característica muito importante nesse tipo de produto na hora de evitar a aquaplanagem, uma vez que são responsáveis por realizar o escoamento de água, impedindo que a mesma se acumule entre o pneu e a superfície. Apesar de contra intuitivo, um número maior de sulcos nos pneus nem sempre indica um sistema de drenagem de água superior.


Existem pneus com poucos e profundos sulcos na banda de rodagem, que trazem ranhuras anguladas para ajudar na hora de drenar a água na pista, que possuem excelentes índices de aderência em dias de chuva ou em superfícies molhadas. Para entender um pouco mais sobre os tipos de sulcos, suas funções e diferenças, confira nosso artigo sobre o tema.


Como verificar o estado de conservação dos pneus e evitar a aquaplanagem?

homem medindo TWI do pneu

O risco de aquaplanagem é algo que todo motorista deve ficar atento! Além de ser perigoso durante a direção, ela pode causar perda da direção e estabilidade causando graves acidentes.


É claro que não se pode controlar quando uma pista está molhada ou não, mas, com pneus em boas condições, com tecnologias pensadas para esse tipo de situação, é possível reduzir o risco de aquaplanagem e ter uma direção mais segura e estável até mesmo em condições de pistas molhadas. Para verificar o estado de conservação dos pneus e evitar a aquaplanagem, você deve ficar atento a alguns pontos:


  • Verifique a calibragem dos pneus regularmente e mantenha-os na pressão recomendada pelo fabricante. A calibragem incorreta pode reduzir a capacidade dos pneus de drenar a água e aumentar o desgaste.

  • Faça o rodízio periódico dos pneus para que eles se desgastem por igual. O rodízio deve ser feito de acordo com as orientações do manual do veículo e do fabricante dos pneus.

  • Reduza a velocidade ao dirigir na chuva ou em pistas molhadas. Quanto maior a velocidade, maior é a chance de aquaplanagem, pois os pneus não conseguem escoar a água suficientemente rápido. O ideal é manter a velocidade abaixo de 80 km/h nessas condições.

  • Evite os trechos mais alagados ou com poças de água. Procure seguir as marcas dos pneus dos veículos que estão à frente, pois eles já drenaram parte da água.

  • Mantenha a distância segura dos outros veículos e evite frenagens bruscas ou mudanças repentinas de direção. Se sentir que o carro está aquaplanando, segure o volante firmemente, tire o pé do acelerador e não pise no freio. Espere o carro recuperar o contato com o solo e retome o controle.

  • Confira o desgaste dos pneus e a profundidade da banda de rodagem mensalmente. Quanto mais profundidade houver, mais água os pneus conseguirão dispersar. Segundo o CONTRAN (Conselho Nacional de Trânsito), os sulcos dos pneus devem ter, no mínimo, 1,6 milímetros de profundidade. 


A Resolução Contran Nº 913 DE 28/03/2022 dispõe sobre o uso de pneus.

Art. 10. A estrutura do pneu pertencente ao conjunto roda/pneu sobressalente deve garantir o seu emprego enquanto a profundidade dos sulcos que compõe a banda de rodagem for maior que 1,6 mm.
Parágrafo único. Este requisito poderá ser comprovado pela comparação entre o desgaste da banda de rodagem e a altura do Indicador de Desgaste da Banda de Rodagem (TWI).


Como reagir se o seu carro começar a aquaplanar?

O ideal é evitar essa situação ao máximo, uma vez que ela causa perda de controle do veículo e isso pode ser extremamente perigoso. Ainda assim, caso o motorista se encontre em uma situação de aquaplanagem, é importante agir de acordo, com o objetivo de evitar acidentes e se preservar ao máximo. Confira algumas dicas em situação de emergência:


Mantenha-se calmo: A perda de controle do automóvel pode ser uma surpresa preocupante e uma situação de risco inesperada, mas é importante que o motorista se mantenha calmo e concentrado para tomar as medidas de segurança adequadas nesse tipo de situação para evitar problemas maiores. 


Não pise no freio: O reflexo natural nesse momento pode ser frear imediatamente, mas a parada brusca da roda vai fazer com que o veículo se desestabilize rapidamente, abrindo possibilidade de rodar ou capotar. Por causa disso, o ideal é uma frenagem menos brusca e gradativa, gentilmente acionando os freios. Caso o carro possua um sistema de freio ABS, é possível acioná-los mais rapidamente, pois contam com sistema de travagem antibloqueio e uma válvula hidráulica que fará a frenagem gradativa de maneira automática. 


Desacelere imediatamente: Quanto menor a velocidade, mais tração o veículo tende a ganhar de volta, então é muito importante parar de acelerar o veículo e recobrar aos poucos contato com a superfície antes de realizar uma manobra ou frenagem mais brusca. 


Não vire o volante de maneira repentina: Uma movimentação muito rápida e brusca das rodas pode fazer com que o veículo perca estabilidade, criando uma situação ainda mais perigosa. Por conta disso, o ideal é que o motorista tente guiar gentilmente e cautelosamente o veículo enquanto ele desacelera para mantê-lo na trajetória de antes até que recupere aderência para frear ou manobrar adequadamente.


Essas dicas são importantes para se ter em mente em situações de emergência e podem ser muito importantes em momentos perigosos. Ainda assim, as medidas preventivas são as mais recomendadas, pois eliminam as chances de aquaplanagem com grande sucesso. Dirija com segurança e saiba como agir se ocorrer aquaplanagem, evitando acidentes de trânsito e preservando a vida.



O conteúdo te ajudou? 😄


Se ainda ficou alguma dúvida, deixe nos comentários ou fale diretamente com nossos especialistas pelo WhatsApp: (47) 99999-5584.


Não deixe de acompanhar nossas redes sociais: Facebook e Instagram. 📲

717 visualizações0 comentário

Commentaires


bottom of page