top of page
  • Foto do escritorAchei Pneus

É campeão! Henry Couto conquista o título na Nascar Brasil

Atualizado: 14 de dez. de 2023



É campeão! Henry Couto conquista o título na Nascar Brasil
Henry Couto venceu as duas corridas da grande final. Foto: Rodrigo Guimarães

A primeira Nascar Brasil Sprint Race se encerrou no último domingo (10). Fechando a temporada com sucesso, o piloto Henry Couto, patrocinado pela Achei Pneus, conquistou o título de campeão da categoria AM.


Com o carro 00, Couto garantiu a vitória já na primeira disputa da etapa, que ocorreu no Autódromo Internacional José Carlos Pace, em Interlagos, São Paulo (SP). O piloto liderou as duas corridas do dia, alcançando 281 pontos na somatória geral.


Além de erguer mais dois troféus e o título de campeão, Henry foi o “Rookie of The Year”, o melhor estreante de sua categoria na competição, e vice-campeão no Overall, que conta o total de pontos de todas as provas do calendário.


Continue a leitura para saber como foi a última etapa da Nascar Brasil 2023.


Henry foi campeão da Nascar Brasil já na Corrida 1


A programação da última etapa da Nascar Brasil iniciou na sexta-feira (8), com o shakedown e um treino extra.


No sábado (9), após os treinos oficiais, Henry já tinha chances de garantir o título pelo qualifying que valia pontos na tabela. Contudo, o piloto finalizou a prova na segunda colocação, atrás de Brendon Zonta, que ainda podia sonhar com o primeiro lugar da categoria.


A consagração ficou mesmo para o domingo (10), logo cedo, na Corrida 1. Henry largou na 17ª posição e finalizou em oitavo, o primeiro de sua categoria, após 28min31s257.



Resultado da Corrida 1 da grande final da Nascar Brasil


1) Léo Torres/Julio Campos, PRO, 28min12s282

2) Witold Ramasauskas, PROAM, a 1s023

3) Arthur Gama, PRO, a 1s062

4) Diogo Moscato, PRO, a 2s679

5) Gui Backes, PROAM, a 4s286

6) Lourenço Beirão/ Jeff Giassi, PROAM, a 4s378

7) Alex Seid/ Beto Monteiro, PRO, a 11s450

8) Henry Couto, AM, a 18s975

9) Rafa Dias/Leandro Martins, PROAM, a 19s014

10) Edgar Bueno Neto/ Vitor Genz, PRO, a 19s920

11) Antonio Junqueira, PROAM, a 29s497

12) Alexandre Kauê/ Fabio Gubert, AM, a 38s029

13) Brendon Zonta /Rômulo Molinari, AM, a 38s834

14) Guilherme Alves, AM, a 39s856

15) Cayan Chianca, PROAM, a 43s775

16) Léo Yoshii, AM, a 59s008

17) Fe Tozzo/João Bortoluzzi, PROAM, a 1m12s202

18) Edson Reis, AM, a 1min13s129

19) Cassiano Lopes/ Dorivaldo Gondra Jr, AM, a 1min26s144

20) Roberto Possas, AM, a 1 volta

21) Rodrigo Sperafico/ Lucas Mendes, PRO, a 1 volta

22) Jorge Martelli, PROAM, a 1 volta

Não completaram 75% da prova:

Zezinho Muggiati/ Luís Trombini, PROAM, a 9 voltas

Rafa Reis/Léo Reis, PROAM, sem tempo


Henry foi campeão da Nascar Brasil já na Corrida 1
Foto: Rodrigo Guimarães

Emoção na última volta da Corrida 2


As comemorações durante a manhã foram intensas, mas ainda faltava uma corrida para cumprir. Depois de receber o carinho da torcida com a visitação aos boxes, Henry concentrou-se na Corrida 2.


E, mesmo sem precisar somar mais pontos para o título, Couto fez mais uma prova incrível! Na última volta, o piloto fez uma bela disputa com Léo Yoshii e ficou à frente por menos de dois décimos de segundo.


“Foi um dia muito emocionante. Finalmente consegui gritar ‘é campeão’. Garanti mais um pódio nesta pista que é muito especial para mim. Mais uma prova de que foi um ano perfeito. Só tenho a agradecer a todos que me apoiaram para que eu conseguisse esse resultado”, declarou Henry Couto.



Resultado da Corrida 2 da grande final da Nascar Brasil


1) Julio Campos/Léo Torres, PRO, 28min04s166

2) Witold Ramasauskas, PROAM, a 1s846

3) Arthur Gama, PRO, a 2s964

4) Diogo Moscato, PRO, a 10s159

5) Jeff Giassi/ Lourenço Beirão, PROAM, a 18s225

6) Gui Backes, PROAM, a 20s789

7) Jorge Martelli, PROAM, a 21s214

8) Vitor Genz/ Edgar Bueno Neto, PRO, a 27s054

9) Cayan Chianca, PROAM, a 27s113

10) Henry Couto, AM, a 27s532

11) Léo Yoshii, AM, a 27s727

12) Beto Monteiro/Alex Seid,  PRO, a 30s221

13) Edson Reis, AM, a 30s919

14) Luís Trombini/ Zezinho Muggiati, PROAM, a 45s186

15) Lucas Mendes/ Rodrigo Sperafico, PRO, a 45s251

16) Fe Tozzo/João Bortoluzzi, PROAM, a 45s617

17) Dorivaldo Gondra Jr/ Cassiano Lopes, AM, a 48s104

18) Rômulo Molinari/ Brendon Zonta, AM, a 59s466

19) Guilherme Alves, AM, a 1m03s840

20) Fabio Gubert/ Alexandre Kauê, AM, a 1m23s772

21) Roberto Possas, AM, a 1m49s136

22) Antonio Junqueira, PROAM, a 2 voltas

23) Léo Reis/ Rafa Reis, PROAM, a 3 voltas

Não completou 75% da prova:

Rafa Dias/Leandro Martins, PROAM, a 11 voltas



Com o fim da Nascar Brasil Sprint Race 2023, Henry Couto fechou a temporada com 281 pontos no total, erguendo 11 troféus, sete deles direto do primeiro lugar do pódio. Um ano histórico!


Henry Couto conquista o título na Nascar Brasil
Foto: Rodrigo Guimarães

Quer saber mais sobre as corridas da Nascar Brasil e a trajetória do piloto da Achei Pneus? Então, acesse nossa página exclusiva sobre a competição!

Acompanhe também as nossas redes sociais: Facebook e Instagram.

227 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page