Entenda a potência do som automotivo: RMS, PMPO e outras dúvidas

Atualizado: Set 6


potência do som automotivo

Muita gente acredita que quanto maior for a potência de um equipamento de som para carro, melhor será a qualidade. Esse pensamento até faz sentido, porque relacionamos a potência à pressão sonora e ao volume. Para quem quer ouvir música, por exemplo, em alto e bom som, quanto maior a potência, maior o volume alcançado, certo? Não é tão simples assim. Você vai entender o porquê.

Outra dúvida bastante comum é sobre a diferença entre potência RMS e PMPO e qual delas considerar na hora de comprar um equipamento de som. Você sabe qual é? Vamos falar sobre isso também. Neste conteúdo, você vai entender:

O que é potência de som? Potência é sinônimo de qualidade? Potências equivalentes em equipamentos de som Escala de potências de diferentes equipamentos de som Qual a diferença entre potência RMS e PMPO Vamos lá!

O que é potência de som?

A potência dos equipamentos de som (medida em Watt) é a potência elétrica, ou o trabalho que cada equipamento desempenha em determinado intervalo de tempo para gerar um sinal elétrico que depois será convertido em pressão sonora.


Potência do som é sinônimo de qualidade?

A potência é sim um item importante para a qualidade de um equipamento de som, mas não é a única responsável. Isso porque se você fizer combinações erradas de equipamentos, o sistema de som poderá não ter a qualidade que espera.

Um amplificador, por exemplo, tem a função de intensificar um sinal de baixa potência e enviá-lo para os alto-falantes para que reproduzam a música. Se ele tiver uma alta potência, mas ela não for compatível com a sensibilidade dos alto-falantes, o som não terá qualidade.

Então o que é, afinal, qualidade sonora?

É a capacidade de os equipamentos reproduzirem diferentes frequências em vários volumes sem distorções, mantendo as características do som.

Quer um exemplo prático? Pense naqueles carros com o som no “talo” que tremem as janelas da sua casa quando passam na rua. Eles possuem um amplificador com alta potência. No entanto, em grande parte das vezes, o som possui distorções horríveis. Isso não é ter um som de qualidade, embora tenha muita potência sonora, capaz de tremer as janelas.

Tecnicamente, o equipamento que conseguir reproduzir frequências entre 20Hz e 20.000Hz (que é a faixa de frequência que nossa audição consegue ouvir), com um índice de distorção de 1%, irá reproduzir sons de qualidade! Isso especialmente no caso de amplificadores. Mas é preciso dizer que a maioria dos equipamentos comerciais tem índices de distorção de 5% a 10%.

Alto-falantes como o woofer, subwoofer, mid-range, entre outros, são feitos para reproduzir frequências de som específicas. Isso não quer dizer que eles não tenham qualidade.


Potências equivalentes em equipamentos de som

Como dissemos antes, os equipamentos precisam ter potências correspondentes. E que equipamentos são esses? Estamos falando de três itens básicos para o sistema de som de um carro: player, amplificador e alto-falantes.

Player: responsável pela reprodução do áudio (CD player) e em alguns casos de vídeo também (DVD player).

Amplificador: sua função é intensificar o som e enviá-lo para os alto-falantes. É o maior responsável pela potência do sistema de som.

Alto-falantes: responsáveis por reproduzir diferentes frequências de som (graves, médias e agudas). Existem alto-falantes específicos para potencializar cada uma dessas frequências e que permitem você ouvir todos os instrumentos de uma música de forma clara.

Som automotivo: os equipamentos necessários para montar o seu Todos esses equipamentos precisam estar bem regulados entre si para que você consiga realmente um som de qualidade.

Vamos de exemplo, que fica mais fácil entender.

Quando você for montar o sistema de som do seu carro, confira a potência do módulo amplificador e a sensibilidade dos alto-falantes que tiver escolhendo.

Quanto maior a sensibilidade dos alto-falantes, maior a capacidade deles em transformar a potência que vem do amplificador em som, sem distorções. Na prática, isso significa que você pode aumentar mais o volume sem deturpar a música.

Às vezes, alto-falantes com maior sensibilidade são capazes de produzir o mesmo efeito sonoro usando amplificadores menos potentes.

Você deve agora estar se perguntando: “Como eu relaciono a sensibilidade do alto-falante à potência do módulo amplificador?”.

Na descrição do alto-falante também consta um valor de potência, que é o que ele suporta sem queimar. Este valor deve ser considerado no momento em que for escolher o amplificador.

Orientação! O ideal é que o amplificador tenha o dobro de potência que o alto-falante consegue aguentar. Se o alto-falante tiver 800 Watts RMS, por exemplo, o amplificador deve ter 1600 Watts RMS.

Isso porque um áudio, como uma música, é repleto de picos de som. Esses picos normalmente ultrapassam a potência RMS do amplificador, gerando distorções no áudio, que serão reproduzidas pelos alto-falantes. Além disso, ainda há o risco de superaquecer e queimar componentes dos alto-falantes.

MAS ATENÇÃO! Não é porque o amplificador deve ter o dobro de potência em comparação aos alto-falantes, que você deve usá-la no máximo. Isso pode queimar o equipamento. Fique ligado: quando a luz de clip acender significa que o limite de potência foi alcançado.


Escala de potências de diferentes equipamentos de som

CD Player, DVD Player e Central Multimídia

CD Player, DVD Player e Central Multimídia: Na grande maioria dos casos, esses reprodutores de áudio e vídeo possuem 4 canais de 50 Watts cada, num total de 200 Watts.




Alto-falantes

Alto-falantes: Woofer: A potência de um Woofer pode variar de 80 a 5.000 Watts RMS. Subwoofer: A potência de um Subwoofer pode variar de 80 a 5.000 Watts RMS. Tweeter: A potência de um Tweeter pode variar de 20 a 200 Watts RMS. Mid-range: A potência de um Mid-range pode variar de 50 a 200 Watts RMS. Coaxial: A potência de um Coaxial pode variar de 40 a 200 Watts RMS. Triaxial: A potência de um Triaxial pode variar de 50 a 175 Watts RMS. Quadriaxial: A potência de um Quadriaxial pode variar de 40 a 175 Watts RMS. Pentaxial: A potência de um Pentaxial pode variar de 40 a 200 Watts RMS. Kit 2 Vias: A potência de um Kit 2 Vias pode variar de 50 a 200 Watts RMS.

Essas são escalas da maioria dos alto-falantes produzidos no Brasil, no entanto podem variar.

Amplificador

Amplificador: A grande maioria dos amplificadores comerciais pode variar de 80 a 5.000 Watts RMS, mas em linhas de competição a potência pode ser muito superior a essas.






Qual a diferença entre potência PMPO e RMS?

Qual a diferença entre potência PMPO e RMS?

É possível que no momento em que você for comprar um alto-falante ou amplificador apareça a informação de dois tipos de potência: a PMPO e a RMS. A primeira normalmente chama bastante atenção porque são números grandes, cheios de zeros. Cuidado!


A potência PMPO (Pico de Força de Saída Musical) é a potência máxima que o equipamento pode alcançar, em determinados picos do áudio. A questão é que os picos ocorrem em um período curto. Por isso, não se trata da potência que o equipamento vai desempenhar na maior parte do tempo.


Além disso, essa medição não considera as distorções do som quando alcança sua potência máxima, o que pode afetar muito sua qualidade.


Já a potência RMS, sigla em inglês de “root mean square” ou potência média quadrática, diz respeito à potência média que os amplificadores e caixas podem atingir durante uma extensa faixa de tempo.


Vamos fazer uma comparação para ficar mais fácil!


Um atleta de corrida pode, em determinado momento de uma prova, acelerar sua velocidade para ter melhor desempenho. No entanto, ele não aguentará fazer isso por muito tempo. Este pico de desempenho seria a potência PMPO do equipamento sonoro. Já sua velocidade média e constante equivale à potência RMS.


Por isso, nossa recomendação é sempre olhar para a potência RMS do equipamento. É ela que se manterá constante e que de fato traduz a potência real do equipamento. Embora a PMPO seja muito atrativa, ela não é confiável.


Conseguimos esclarecer? Se tiver alguma outra dúvida, escreva para a gente ;) Vamos adorar responder. Se o post lhe ajudou, compartilhe!