top of page
  • Foto do escritorAchei Pneus

Carro flex vale a pena? Saiba os prós e contras e o combustível ideal

O preço do combustível no Brasil possui um histórico de oscilação e é um assunto bastante polêmico. Por conta disso, a Volkswagen foi a primeira montadora a introduzir um carro com modelo flex em 2002, através do Gol. Esse tipo de tecnologia permite que o veículo consiga funcionar tanto com gasolina quanto álcool, garantindo bastante flexibilidade na hora de abastecer.


bomba de gasolina

Desde a primeira iteração de um carro flex até hoje, houveram muitas melhorias tecnológicas acerca desse tipo de veículo e a aprovação do mesmo no mercado brasileiro foi enorme, por causa disso 95% dos veículos introduzidos no Brasil possuem motor flex. Entenda quais as particularidades desse tipo de mecanismo e quais são as vantagens e desvantagens dele.


O que você vai ler sobre carros flex:


O que é um carro flex e como ele funciona?

Um carro com tecnologia flex é um veículo que pode usar mais de um tipo de combustível, na grande maioria etanol e gasolina. Ele possui um sistema eletrônico que reconhece o combustível presente no tanque e ajusta o funcionamento do motor conforme o reconhecimento. Assim, o carro flex pode aproveitar as características de cada combustível e oferecer mais opções ao motorista.


Dentro do sistema de combustível desse tipo de carro há uma série de sensores que monitoram a presença do combustível adicionado ao carro e, após identificar qual o tipo, envia a informação para a central eletrônica do veículo (central eletrônica de controle do motor - ECU). Com a informação de qual combustível está presente no tanque, a ECU ajusta a injeção de combustível e o ponto de ignição correto, garantindo pontos como máxima eficiência e desempenho para o carro.


Quais as vantagens e desvantagens de ter um carro flex?

O motor flex é uma tecnologia distinta, que traz grandes benefícios para o consumidor. Ainda assim, um motor tradicional, que trabalha somente com um tipo de combustível, também possui vantagens quando comparado com o motor flex. Por conta disso, é muito importante entender as características de cada um desses dispositivos, bem como o perfil de rodagem do usuário, para definir o peso das vantagens e desvantagens de cada um deles.


Vantagens do carro flex


  • Flexibilidade: Cada consumidor conta com necessidades e prioridades diferentes, por isso ter um motor que permite grande poder de escolha na hora de abastecer é uma enorme vantagem. Dessa forma, é possível tomar a melhor decisão com base no momento e da necessidade do abastecimento.

  • Impacto ambiental: O etanol é um agente que produz resíduos poluentes em uma escala muito menor do que a gasolina. Por conta disso, a mistura entre esses dois combustíveis faz com que haja uma menor emissão dessas substâncias nocivas, criando um perfil mais ecológico e sustentável para o motor.

  • Custo de compra e revenda: O governo brasileiro apresenta várias vantagens fiscais na hora de produzir e adquirir veículos flex. Por conta disso, costumam ser modelos mais econômicos e acessíveis. Além disso, também são modelos bastante populares, o que ajuda na hora de revender o veículo, caso necessário.


Desvantagens do carro flex:


  • Baixa performance no frio: O etanol é um combustível com uma temperatura mais baixa do que a gasolina. Por conta disso, em dias frios ele demonstra maior dificuldade na hora de dar partida no carro por estar frio demais para a ignição. Mesmo quando misturado com gasolina, pode apresentar essa inconveniência.

  • Desaquecimento do motor: Também relacionado à performance do motor no frio, o fato do etanol se mostrar um combustível que esfria mais rapidamente do que a gasolina, faz com que ele demonstre maior consumo em trajetos curtos e com várias paradas, onde o carro precisa realizar uma reignição. Diferente dos carros completamente a gasolina, que dão partida com maior facilidade e mantém o combustível quente, os motores com etanol em seus tanques precisam de maior calor para ignição, aumentando o consumo consideravelmente quando há várias paradas no trajeto.


Existem vários outros motivos para optar ou não pelos carros flex, por isso é tão importante entender o perfil do veículo, do motorista e para qual uso o carro será usado predominantemente. Todas essas características podem mitigar ou destacar as vantagens e desvantagens dessa tecnologia, tornando a escolha de aderir a uma mistura de etanol bastante variadas conforme o contexto do motorista.


Como escolher o melhor combustível para carro flex?

bomba de gasolina

Embora os carros flex sejam muito comuns, não é todo motorista que decide por utilizar os dois combustíveis intercalados. Muitos ainda optam apenas pela gasolina por fatores como preço e rendimento. Entenda quais pontos avaliar para escolher o melhor combustível para o seu carro.


Rendimento: você tem de observar o rendimento do seu carro com cada combustível e verificar qual oferece mais quilômetros por litro. Geralmente, a gasolina rende mais do que o etanol, mas isso pode variar de acordo com o modelo do carro, o estilo de condução e as condições da estrada.


Qualidade: você deve verificar a qualidade do combustível que você compra e evitar abastecer em postos suspeitos ou com combustível adulterado. Isso pode prejudicar o desempenho e a vida útil do seu carro.


Preço: compare o preço do etanol e da gasolina e verifique qual é mais vantajoso para o seu veículo. Uma dica é usar a regra dos 70%, que diz que o etanol só vale a pena se custar até 70% do preço da gasolina.


Calculando o valor de etanol x gasolina para um carro flex

Segundo a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), a média de preço para a gasolina e o etanol no Brasil em 2024 (período de pesquisa 03/2024) é de R$5,82 para a gasolina comum e R$4,04 para o etanol.


A Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (ANFAVEA) considera que, para o etanol “valer a pena” em relação à gasolina, o preço precisa ser menor que 0,7 por litro. Com os dados atualizados dos postos de gasolina, a conta seria a seguinte:


💰 4,04 / 5,82 =  0,69


Nesse caso, optar pelo uso de etanol para o seu carro seria o recomendado. Mas claro, tudo vai depender do cálculo baseado nos preços da sua região. Basta usar a mesma regra e ver se vale a pena para você!


Carro flex vale a pena? Veja o que considerar na hora da compra

Nossos veículos flex, que completam neste ano 20 anos de existência, podem e devem ser estimulados a um maior uso de etanol, com o objetivo de acelerar a descarbonização, já que representam cerca de 90% de nossa frota circulante. Márcio de Lima Leite, Presidente da ANFAVEA. Anuário da Indústria Automobilística Brasileira

Não é segredo que os carros flex dominam o cenário automotivo brasileiro, considerando que 90% da frota circular no país possui a tecnologia. A escolha de optar ou não por essa tecnologia está diretamente relacionada às características de uso e ambiente do veículo, bem como os hábitos do motorista. Como observado anteriormente, existem vantagens e desvantagens na hora de aderir ao etanol e mistura entre combustíveis.


Confira algumas considerações a serem levantadas na hora de realizar a escolha:


  • Temperatura: Caso more numa região mais fria, considere que o etanol não é um combustível que aquece tão rápido quanto a gasolina, nem retém esse calor tão bem. Por conta disso, pode apresentar problemas na hora da ignição por não estar quente o suficiente e acaba não sendo tão econômico quanto à gasolina nesse tipo de cenário. Em temporadas de frio, a gasolina apresenta melhor desempenho que o etanol.

  • Preço: Na hora de transitar dentro da cidade, a gasolina vai demonstrar um desempenho superior ao etanol por conta das constantes paradas e trajetos mais curtos que são realizados. Nesse caso é importante analisar a diferença de preço entre os dois combustíveis, seguindo a regra citada anteriormente, que é uma aproximação a grosso modo do benefício (ou não) de um combustível acerca do outro.

  • Percurso: A finalidade do veículo e o tipo de trajeto também são muito importantes na hora de definir o custo benefício do carro flex. Para uso em estradas e rodovias, onde o motorista vai realizar poucas paradas e se manter em alta velocidade com certa constância, o desempenho do etanol melhora. Isso acontece porque o combustível fica constantemente aquecido, sem perder calor por conta do tempo parado, facilitando a queima do etanol. 



Gostou do conteúdo? Quais outros assuntos automotivos você gostaria de ver em nosso blog?


Não deixe de acompanhar também nossas redes sociais: Facebook e Instagram. 📲

72 visualizações0 comentário

댓글


bottom of page