Pneu simétrico, assimétrico e direcional: qual a diferença, como montar e fazer o rodízio?

Atualizado: Set 20


pneu simétrico assimétrico

Você está procurando um jogo de pneus para comprar na internet. Em sua busca dentro de um site, se depara com a seguinte informação:



Tem gente que já sabe o que isso significa. Se este não for o seu caso, fique tranquilo, porque nós iremos explicar.


Os pneus têm várias diferenças entre si, como o índice de aderência em pistas molhadas, consumo de combustível, tipo de aplicação, entre outras. O desenho de sua banda de rodagem é uma dessas distinções.


É aí que entram os diferentes tipos de desenho do pneu: simétrico, assimétrico e unidirecional. Mas, afinal, qual a diferença entre eles? Continue com a gente que vamos explicar. Neste texto, você vai entender:


O que é pneu simétrico, assimétrico e direcional? Montagem e rodízio de pneu assimétrico, simétrico e direcional

Posso substituir um pneu simétrico por assimétrico?


O que é pneu simétrico, assimétrico e direcional?

Uma das principais diferenças entre modelos de pneus é o desenho de sua banda de rodagem. Antes de falarmos especificamente sobre ele, vamos entender o que é a banda de rodagem.

banda de rodagem do pneu

Ela é a parte do pneu que fica em contato direto com o chão. Suas principais funções são resistir a atritos e evitar cortes e perfurações. Quando se acelera, freia ou direciona o veículo, a resposta é dada pela banda de rodagem. Por isso é tão importante que ela esteja em boas condições de uso, para que “obedeça” aos comandos do condutor.


Na banda de rodagem encontramos os sulcos e as ranhuras, que formam o desenho do pneu.


sulcos do pneu

– Sulcos do pneu:


São os espaços da banda de rodagem. Eles servem para drenar a água, evitar deslizamentos e refrigerar o pneu, além de reduzir ruídos. São eles que determinam a aderência do pneu em pisos secos e molhados.


ranhuras do pneu

– Ranhuras do pneu:

Elas são o “desenho” da banda de rodagem de cada pneu. Elas auxiliam na drenagem de água e na redução de temperatura do pneu, além de diminuírem os ruídos.



Dependendo de como é esse desenho na banda de rodagem, os pneus se classificam em assimétricos, simétricos ou unidirecionais.

Pneu simétrico


É aquele que tem desenho igual dos dois lados da banda de rodagem. Se a gente traçar uma linha imaginária no meio da banda, veremos que o desenho se repete nos dois lados.

pneu simétrico
Veja que o desenho dos dois lados da banda de rodagem é igual.

Pneu assimétrico

Este possui desenhos diferentes entre o lado de dentro e o lado de fora do pneu. Traçando a linha imaginária, dá para perceber a diferença entre um lado e outro.


pneu assimétrico
Observe que o desenho possui direções diferentes em cada uma das partes da banda de rodagem, ou seja, não são iguais.

Pneu direcional Este tipo de pneu é bem fácil de ser identificado, porque o desenho dele normalmente é em forma de “V”. O desenho indica o sentido da rotação do pneu e, portanto, a direção em que ele precisa ser montado no carro.


pneu direcional


Montagem e rodízio de pneu simétrico, assimétrico e direcional

No caso do pneu simétrico não há recomendações específicas sobre sua montagem. Como os dois lados da banda de rodagem são iguais, não fará diferença a posição em que o pneu será montado.

Já no caso do pneu assimétrico, é preciso ter mais atenção. Como os desenhos de cada lado da banda de rodagem são diferentes, o pneu precisa ser montado na posição indicada para o seu melhor desempenho.

A parte mais externa, por exemplo, é mais reforçada com blocos mais robustos, o que dá maior estabilidade principalmente em curvas. Já na parte interna, os blocos são menores e têm a função de expulsar a água e conferir melhor aderência em pistas molhadas.

Neste caso, observe a indicação na lateral do pneu. O lado em que estiver escrito INSIDE deve estar voltado para o lado de dentro do veículo. Por sua vez, o lado em que estiver escrito OUTSIDE estará voltado para o lado de fora.

pneu inside outside

O pneu direcional também tem uma posição adequada para a montagem. O desenho da banda de rodagem indica o sentido da rotação do pneu e ele precisa ser montado seguindo esse sentido.


direcional

Agora falando do rodízio dos pneus, há também diferentes formas de fazer. O rodízio compensa a diferença de desgaste dos pneus, permitindo maior durabilidade e eficiência, além de proporcionar melhor estabilidade na direção, especialmente em curvas e freadas. A recomendação é de que você faça isso em um intervalo de tempo entre 5 e 10 mil quilômetros rodados.

pneus simétricos

No caso dos pneus simétricos, o rodízio é feito passando os pneus da frente para trás e vice-versa, respeitando a posição em que estavam. O que estava no lado direito permanece no lado direito e o esquerdo no esquerdo. A grande maioria dos rodízios é feita desta forma.


No entanto, há outras formas também, dependendo do desenho da banda de rodagem, da tração do veículo e do desgaste do produto. Nossa recomendação é consultar um especialista do autocenter de sua confiança para que ele oriente qual melhor rodízio no caso do seu veículo.

Mesmo assim, vamos mostrar quais são os outros dois modos de rodízio.


Pneus assimétricos com tração traseira

pneus da frente

Passe os pneus da frente de forma cruzada para trás, com o pneu da direita indo para o lado esquerdo e o da esquerda indo para o lado direito. Já os dois pneus de trás, passe para frente na mesma posição que estavam no eixo traseiro.



Pneus assimétricos com tração dianteira


tração traseira

Passe os pneus que estão no eixo traseiro de forma cruzada para o eixo dianteiro, colocando o pneu da direita no lado esquerdo e o do lado esquerdo para o direito. Já os dois pneus da frente, passe para trás na mesma posição que estavam no eixo dianteiro.


Pneus direcionais


veículos

Passe os dois pneus da frente para trás no mesmo lugar que eles ocupavam no eixo dianteiro. O do lado esquerdo se mantém na esquerda e do lado direito na direita.





Antes de fazer o rodízio dos seus pneus, consulte um profissional de sua confiança. Observando o seu veículo e a condição dos pneus, ele irá decidir qual rodízio adequado para seu carro.

Gostou deste conteúdo? Compartilhe com seus amigos.


Confira também outras matérias 😉