Calibragem de pneus: como descobrir a pressão correta e outras dúvidas comuns

Atualizado: Ago 13


calibragem de pneus de carros

Pode parecer pouco importante, mas manter a calibragem correta dos pneus do carro é determinante para sua segurança. Nenhum pneu funciona adequadamente sem a pressão correta.


Usar uma pressão incorreta pode provocar, entre outras situações, o estouro do pneu. Pode também prejudicar a estabilidade e o controle da direção, além do desempenho do carro em curvas e freadas.


Tem mais! Um pneu com a calibragem correta ainda é mais econômico e menos poluente. Então fique com a gente para entender:


Como encontrar a calibragem correta dos pneus do seu carro

Como verificar a calibragem dos pneus do carro

De quanto em quanto tempo calibrar os pneus

O que faz os pneus perderem pressão

Quando trocar a válvula de calibragem

Quais os riscos da calibragem incorreta


1) Como encontrar a calibragem correta dos pneus do seu carro


A calibragem dos pneus varia de carro para carro e de modelo para modelo. Mesmo veículos que usem a mesma medida de pneu podem ter calibragens diferentes. Isso varia de acordo com a aerodinâmica do carro, peso do veículo (quando está cheio ou vazio), da via em que se vai andar (pavimentada ou estrada de chão), entre outros fatores.


Quem determina a pressão adequada são os fabricantes dos veículos. Para isso são feitos vários testes em diferentes situações e pressões para encontrar a que ofereça o melhor controle do carro.


Você encontra a recomendação da pressão adequada no Manual do Proprietário do Veículo. Se você não souber por onde anda o manual do seu veículo, consulte no Google. Várias marcas disponibilizam o manual de forma online.


Em alguns casos, a informação também pode estar em uma etiqueta na porta do motorista ou na tampa de combustível do carro. Siga sempre a recomendação de pressão indicada pelo fabricante do pneu!


2) Como verificar a calibragem dos pneus do carro


De forma muito simples. Basta seguir o passo a passo abaixo:


1º Retire a tampa da válvula de calibragem do pneu;

2º Aperte a trava na ponta do calibrador, se houver. Alguns deles não possuem trava;

3º Encaixe a mangueira do calibrador na válvula de calibragem do pneu;

4º O calibrador irá apitar e mostrar na tela o número psi (unidade de medida de pressão);

5º Compare o psi que apareceu na tela com o psi indicado pelo fabricante;

6º Se o psi estiver acima do número que o fabricante recomenda, deixe escapar o ar da válvula até o psi se igualar ao recomendado;

7º Se o número estiver abaixo, adicione, na tela, o número de psi adequado;

8º Aguarde o apito do calibrador indicando o fim da calibragem;

9º Retire a mangueira da válvula de calibragem e recoloque sua tampa.


Importante! Calibre os pneus enquanto eles estiverem frios. O ideal é que faça isso com pneus que não tenham sido usados nas últimas 2 horas ou que não tenham percorrido mais de 2 km .


Se os pneus estiverem quentes na hora da verificação da calibragem, coloque de 4 a 5 psi a mais recomendada pelo fabricante. Depois verifique novamente com os pneus frios.

3) De quanto em quanto tempo calibrar os pneus


Há pessoas que conferem a calibragem dos pneus apenas antes de sair para viagem. De fato é importante fazer isso antes de pegar estrada. Mas para rodar na cidade, você também precisa estar com a pressão adequada. Por isso, confira a pressão dos pneus a cada 15 dias ou no mínimo 1 vez ao mês. Pegue o hábito também de sempre que for assim com o carro fazer uma inspeção visual rápida nos pneus. Assim você pode observar algo que possa estar errado e evitar sérios problemas!

4) O que faz os pneus perderem pressão


Os pneus perdem a pressão naturalmente conforme vão rodando, mas há outros fatores que podem acelerar essa perda, como:

  • Furos acidentais;

  • Válvulas de calibragem desgastadas ou com problemas;

  • Tampa da válvula mal colocada ou com pouca vedação.

5) Quando trocar a válvula de calibragem dos pneus


calibragem de pneus

Os fabricantes de pneus recomendam que ela seja substituída sempre que pneus novos forem montados ou quando um pneu for desmontado para conserto.

Troca ou manutenção do pneu sem trocar válvula? Não cometa esse erro!

Válvulas de calibragem desgastadas ou com defeito podem causar, por exemplo, rápida e súbita perda de pressão. Isso pode comprometer de forma grave a segurança do veículo e das pessoas.

Atenção! Nunca compre válvulas de procedência duvidosa nem reaproveite após terem sido desmontadas.

6) Quais os riscos da calibragem incorreta dos pneus


Você pode perceber quando um pneu está calibrado de forma errada olhando para o centro da banda de rodagem. Pneus com calibrados em excesso ficam com o centro inchado. Ao contrário, os que estão calibrados com menor pressão do que deveriam ficam com o centro mais murcho.


calibragem de pneus de carros

São vários os riscos de um pneu calibrado incorretamente:

  • Perda de estabilidade, podendo provocar oscilação excessiva nas curvas ou perda de controle da direção;

  • Aumento da distância necessária para parar o carro em uma frenagem;

  • Perda de aderência;

  • Aumento do risco de aquaplanagem;

  • Possibilidade de estourar o pneu por conta de um superaquecimento (mesmo que seja um pneu novo, sem danos e de uma marca reconhecida);

  • Menor rendimento de quilometragem;

  • Maior desgaste dos pneus e consequente redução de sua vida útil;

  • Aumento do consumo de combustível e emissão de CO2;

São muitos os riscos envolvidos em não calibrar corretamente os pneus do seu carro. Em apenas alguns minutos da sua semana você garante sua segurança e dos demais no trânsito e aumenta a durabilidade dos pneus. Vale a pena, né?


Dúvidas? Escreva nos comentários.


Se essas informações foram úteis para você, compartilhe com seus amigos!