top of page
  • Foto do escritorAchei Pneus

Pneu sem ar: conheça a tecnologia Uptis da Michelin que não precisa calibrar

pneu com tecnologia Uptis da Michelin

Sempre em busca de inovação e avanços tecnológicos, a Michelin desenvolveu um tipo de pneu especial, que funciona com a nova tecnologia experimental UPTIS (Unique Puncture-proof Tire System), que é um pneu que é capaz de rodar sem ar, podendo continuar operando por muito tempo mesmo caso haja perfuração da sua banda de rodagem, inspirando assim o nome do sistema, que pode ser traduzido como “Sistema Único de Pneu à Prova de Perfuração”.


Nesse artigo vamos explorar algumas questões sobre essa nova tecnologia, você vai ler:


O que é a tecnologia Uptis da Michelin e como ela funciona?

Desenvolvida como uma forma de inovar o jeito que pensamos pneus atualmente, a Uptis é uma tecnologia da Michelin que elimina o risco de furos no pneu, evita despressurização e reduz o impacto ambiental. Foi anunciada em 2019 no evento Movin’On, que tem como foco a sustentabilidade e a mobilidade sustentável. O conceito da Michelin apresenta um pneu que elimina a necessidade de ar para funcionar de maneira plena, sem sacrificar conforto e dirigibilidade enquanto elimina problemas de despressurização e possíveis furos.


Os pneus Uptis contam com multifilamentos, feitos com composto de borracha e vidro para torná-lo resistente e flexível ao mesmo tempo e aguentar a carga e peso de um automóvel para uso urbano. Ao invés das cintas de aço e fios de fibra de carbono presentes nos pneus radiais, esse tipo de tecnologia usa raios envergados, com formato em “V” no seu interior para garantir firmeza e resiliência à estrutura. São feitos de resina e borracha, garantindo resistência e conforto em diferentes tipos de superfície, sem sacrificar a segurança na hora de dirigir com esses pneus inovadores.


pneus Uptis vs pneus convencionais

Quais são as vantagens da tecnologia Uptis da Michelin?

Idealizado como uma forma revolucionária de imaginar tecnologias para pneus, a linha Uptis prioriza uma série de vantagens em relação aos modelos tradicionais. Tanto em questão de dirigibilidade quanto sustentabilidade, existem uma série de benefícios a serem observados, citamos alguns:


Conforto: Um modelo sem ar é mais silencioso e menos ruidoso, além de oferecer uma condução mais leve e macia, sem se preocupar com a calibragem interna do pneu. A tecnologia Uptis dispensa os incômodos cotidianos com bolhas no pneu, perfurações e outras avarias que impactam diretamente na hora de dirigir por ser um modelo sem ar. 


Sustentabilidade: Segundo pesquisas internas da Michelin, 200 milhões de pneus são descartados prematuramente por ano, o que equivale a quase 2 toneladas de borracha destinada à reciclagem. Com mais pneus Uptis disponíveis no mercado, a vida útil seria maior, reduzindo essa taxa de descarte e criando produtos com maior longevidade. Com isso, são uma alternativa mais ecológica por conta da maior durabilidade. 


Segurança: Por conta da capacidade especial desse pneu de funcionar mesmo quando acontece perfuração da sua banda de rodagem, é extremamente seguro também. Não sofre o risco de criar bolha de ar também, permitindo uma direção mais confiável e tracionada em diferentes tipos de superfície, que poderiam ser danosas e agressivas a pneus despreparados. 


Existem outras vantagens que podem ser observadas a longo prazo também, como um baixo custo de manutenção e um desgaste mais uniforme também, que acontece por conta de não ter necessidade de regularização da pressão interna entre os pneus, impedindo que dois pneus estejam rodando com calibragens diferentes, resultando em um maior desgaste. 


Como a Michelin está desenvolvendo e testando a tecnologia Uptis?

Apesar do modelo ter sido apresentado em 2019, a ideia de um pneu sem ar já vem sendo imaginada há muito tempo pelos engenheiros da Michelin. Inclusive, a mesma teve sucesso em realizar conceitos similares para veículos de trabalho, como cortadores de grama, empilhadeiras e minicarregadeiras. Esses são os chamados Tweels e possuem muitas similaridades com a tecnologia Uptis.


A principal diferença é nos raios presentes na parte interna, onde há uma necessidade de maior resistência e capacidade de carga nos Uptis, que precisam levar em consideração automóveis mais pesados do que os Tweels, por isso contam com um maior revestimento e uma envergação em “V” para amortecer o peso total da carga.


Pneus com tecnologia Uptis e Tweels da Michelin

Ainda que houvesse um conceito funcional a ser explorado, a aplicação do mesmo para veículos de passeio e automóveis mais pesados se provou uma tarefa desafiadora. Por conta disso, a Michelin tem buscado parceiros dispostos a testar diferentes aplicações dos pneus Uptis, bem como idealizar novos protótipos também.


A Michelin está desenvolvendo e testando a tecnologia Uptis em parceria com a General Motors e a DHL, duas grandes empresas do setor automotivo e de logística. A General Motors é a primeira montadora a testar os pneus Uptis em veículos de passeio, como o Chevrolet Bolt EV, em condições reais de uso. 


Já a DHL é a primeira empresa de transporte e entrega a testar os pneus Uptis em veículos comerciais, como o Renault Master, em rotas urbanas e rodoviárias. Os testes têm como objetivo avaliar o desempenho, a durabilidade e a eficiência dos pneus Uptis em diferentes cenários e climas.


Carros testando pneu Uptis

Quando a tecnologia Uptis da Michelin estará disponível?

Apesar das dificuldades em viabilizar o conceito dos pneus Uptis para um veículo de passeio comercialmente viável, desde que a parceria entre Michelin e General Motors foi firmada em 2019, as empresas têm trabalhado para trazer a ideia para a realidade. O lançamento oficial desse tipo de tecnologia está previsto para 2024, mas os detalhes desse primeiro modelo voltado para fins comerciais ainda não foram divulgados. 


A ideia da Michelin de criar um pneu sem ar está cada vez mais próxima e é uma maneira inovadora de pensar sobre um produto que tem um formato consolidado há mais de 100 anos. Se a proposta da tecnologia Uptis é um novo padrão de sustentabilidade e segurança ou apenas um experimento curioso, depende da eficiência deles em um ambiente de teste cotidiano e real.



Gostou do artigo? 😀

No nosso blog você encontra diversos conteúdos sobre pneus e suas tecnologias, confira!



E não deixe de nos acompanhar nas redes sociais: Facebook e Instagram. 📲

203 visualizações0 comentário

Commentaires


bottom of page