top of page
  • Foto do escritorAchei Pneus

Como o pneu certo ajuda na economia de combustível. Saiba agora!

Atualizado: 17 de out. de 2023


Economia de combustível com o pneu certo

Combustível + economia é a dupla ideal dos motoristas, afinal, quem não gosta de poupar quando o assunto é abastecer o carro, não é mesmo? Mas, não é apenas no valor final do combustível que você economiza, pois a direção e condições dos seus pneus também impactam no consumo final. Sabia disso?


A escolha do pneu adequado para o seu veículo pode ter um impacto significativo no consumo de combustível. Pensando nisso, criamos um conteúdo completo para falar sobre economia de combustível através da escolha correta dos pneus.


Conheça os temas que estarão no conteúdo:


Como considerar o pneu certo para o tipo de veículo?

A escolha do pneu certo para o seu veículo é crucial para garantir o melhor desempenho, segurança e claro, economia, seja em combustível ou até mesmo na troca de pneus. Aspectos como largura, diâmetro, índice de carga e velocidade máxima devem ser observados para garantir a compatibilidade com o veículo. Além disso, é importante considerar o tipo de condução que será realizada.


Mas, para fazer a escolha certa, é preciso entender quais os tipos de pneus específicos há para cada tipo de veículo. Entenda como cada modelo funciona e saiba qual o modelo ideal para o seu carro:

categoria de pneus

Pneus on-road (HT): são os tipos mais tradicionais de pneus e com maior circulação, utilizados em veículos que rodam em estradas pavimentadas e asfaltadas. Possuem uma banda de rodagem otimizada para aderência em superfícies lisas e oferecem bom desempenho em condições normais de condução. São opções de pneus para os famosos veículos de passeio.


Pneus off-road (MT): são pneus projetados para uso em diversos tipos de solos (como trilhas, lama, areia, rochas e outros terrenos irregulares), são os famosos pneus “fora da estrada”. Eles possuem uma banda de rodagem robusta com sulcos profundos para fornecer tração extra em superfícies irregulares.


Pneus mistos (AT): são também conhecidos como pneus todo-o-terreno, esse modelo traz a combinação de pneus on-road e off-road (ou seja, para todos os terrenos). Possuem uma banda de rodagem que oferece equilíbrio entre desempenho em estradas pavimentadas e tração em terrenos irregulares.


Pneus verdes: são pneus com uma nova tecnologia, produzidos com materiais que incluem sílica, um composto derivado da areia, sendo assim, mais sustentável para o meio ambiente.


Linhas como a Scorpion Verde da Pirelli e a EcoContact 6 da Continental se tornam boas opções quando o assunto é redução da emissão de CO2, diminuindo também, aproximadamente 6% o consumo de combustível dos automóveis, conforme a própria Pirelli.


Pneus radiais: este é um modelo de construção de pneus onde as camadas internas possuem uma malha feita com fios de aço, distribuída do centro de circunferência do pneu para as laterais da banda de rodagem. Os pneus radiais são comuns em veículos modernos devido ao seu melhor desempenho, durabilidade e economia de combustível em comparação com os pneus diagonais convencionais.


Pneus de carga: são pneus específicos projetados para veículos comerciais, caminhões, ônibus e vans, que transportam cargas pesadas. Eles são mais robustos, com maior capacidade de carga para atender aos requisitos das aplicações de transporte de carga. Para esse modelo de pneus, é preciso ficar atento aos tipos específicos de veículos “de carga”, uma vez que, o peso do veículo/carga impacta no desempenho e consumo de combustível.


Como algumas marcas e modelos de pneus influenciam no consumo de combustível

pneu convencional

O mercado — brasileiro e internacional — de pneus apresenta diversas montadoras com uma grande gama de produtos para os motoristas. Essas montadoras, sempre em busca de novas tecnologias e inovação para o segmento de pneus, trazem modelos dos mais diversos, capazes de interferir diretamente em muitos aspectos dos veículos: a economia de combustível é uma delas.


Mas como esses modelos impactam esse consumo? A resposta é: com pneus que se destacam na resistência ao rolamento. Mas, claro, que não é simples assim, não é apenas a resistência ao rolamento que irá reduzir o consumo de combustível sozinha! Designs inovadores que mexem com a aerodinâmica dos pneus, testes rigorosos das fabricantes e condições de condução são os pontos auxiliares dessa conta.


Ao pesquisar e comparar os próximos pneus para o seu veículo, é aconselhável consultar/optar por:

  • Testes independentes que considerem a eficiência energética do pneu;

  • Escolher um pneu de uma marca respeitada, seja nacional ou importada;

  • Se certificar de que o pneu é o correto para o seu veículo;

  • Adquirir um modelo do tamanho certo para a roda do carro, segundo determinação da fabricante;

  • Consultar o modelo/linha do pneu que deseja comprar, conhecer suas tecnologias e índices de desempenho/economia.


Etiqueta Inmetro e classificações dos pneus: veja como ler

etiqueta de pneu Inmetro

A etiqueta do Inmetro e as classificações dos pneus fornecem informações importantes sobre o desempenho e a eficiência de cada modelo. Dentre as informações mais relevantes, destaca-se a resistência ao rolamento, a aderência em piso molhado e o ruído externo. Mas, para entender melhor como funcionam os índices de classificação da Etiqueta do Inmetro, veja nosso conteúdo completo sobre como ler etiqueta de pneu.


A resistência ao rolamento é especialmente crucial quando se trata de economizar combustível. Pneus com índice menor de resistência ao rolamento possuem um atrito menor em relação ao solo, resultando em um consumo de combustível reduzido. Portanto, ao adquirir pneus novos, é fundamental observar as etiquetas de classificação e priorizar os modelos com as melhores classificações!


A compreensão desses indicadores ajudará você a fazer a melhor escolha ao comprar pneus para o seu veículo.

Índice de Eficiência Energética dos pneus

Se você busca por economia, o índice de eficiência energética (ou resistência dos pneus ao rolamento) é uma das características importantes a serem consideradas ao escolher os pneus para o seu carro.


O índice de eficiência energética é uma medida padronizada que indica o quão econômico é o pneu em termos de consumo de combustível. Os pneus são classificados de A a G, sendo A os mais eficientes e G os menos eficientes. Essa classificação é baseada na resistência ao rolamento, como mencionado acima, e pode fazer uma grande diferença no gasto de combustível do veículo ao longo do tempo.


Optar por pneus com índice de eficiência energética A ou B pode representar uma economia significativa de combustível, além de contribuir para a redução das emissões de gases poluentes.

Índice de Resistência do Rolamento Etiqueta Inmetro

Importância da manutenção do veículo para um consumo menor de combustível

A manutenção adequada dos pneus e do carro é fundamental para garantir a eficiência no consumo de combustível. Pneus desgastados ou com baixa qualidade aumentam a resistência ao rolamento, o que pode resultar em um consumo maior de combustível.


É recomendável verificar regularmente a pressão dos pneus e calibrar conforme as especificações do fabricante. Além disso, realizar o rodízio dos pneus e mantê-los alinhados e balanceados ajuda a garantir um desgaste uniforme e uma direção mais suave, garantindo a economia de combustível. Da mesma forma, mantenha o veículo em bom estado de conservação, com revisão e trocas de peças em dia, garanta que o motor e os sistemas mecânicos estejam funcionando corretamente, otimizando o consumo de combustível.


Algumas dicas para tornar o consumo de combustível menor são:

  1. Cuide com a troca de marcha;

  2. Verifique a calibragem correta antes de rodar;

  3. Verifique a etiqueta do Inmetro do pneu;

  4. Não acelere parado no semáforo;

  5. Cheque o filtro do ar do carro.


Para saber como realizar cada uma das dicas, leia nosso conteúdo “Como economizar combustível? 5 dicas simples para começar agora” clicando aqui.


Calibragem adequada dos pneus para otimizar o consumo de combustível

Calibragem de pneu

A calibragem adequada dos pneus é um dos fatores mais importantes para otimizar o consumo de combustível. Pneus com pressão abaixo do recomendado aumentam a área de contato com o solo, gerando maior resistência e aumentando o consumo de combustível. Mas, por outro lado, pneus com pressão acima do sugerido pelo fabricante podem comprometer a aderência do veículo à pista, tornando a condução menos segura.


Portanto, é essencial seguir as especificações de pressão de ar indicadas pela empresa fabricante do veículo e verificar a calibragem dos pneus regularmente. Recomenda-se fazer essa verificação ao menos uma vez a cada 15 dias e sempre antes de viagens mais longas.


Para saber como realizar a calibração correta dos seus pneus, veja nosso conteúdo Calibragem de pneus: como descobrir a pressão correta e outras dúvidas comuns disponível também em nosso blog.


Alinhamento e balanceamento impactam no consumo de combustível?

Sim, o alinhamento e o balanceamento dos pneus podem ter um impacto significativo no consumo de combustível. Um veículo desalinhado pode apresentar maior resistência ao rolamento, já que as rodas não se movem corretamente na mesma direção, resultando em um gasto excessivo de energia para mantê-lo em movimento. Além disso, o desalinhamento também pode causar desgaste irregular nos pneus, mantendo sua vida útil e aumentando os custos de manutenção.


Já o balanceamento, feito de maneira correta, evita vibrações e desequilíbrios nas rodas, o que também contribui para um rolamento mais suave e eficiente, preservando tanto os pneus quanto os componentes da suspensão. Lembrando sempre que, o alinhamento e balanceamento são manutenções essenciais para o seu veículo, e devem ser realizadas por profissionais especializados.


Dica extra: cálculo de combustível para economizar

cálculo de gasto com combustível

Já falamos aqui sobre escolher o pneu certo e manter a manutenção adequada, que esses, são passos essenciais para economizar combustível e reduzir os gastos com o veículo a longo prazo. Mas claro, dica boa é dica compartilhada!


Por isso, além de trazer os motivos para escolher o pneu certo para o seu carro e com isso ajudar você a reduzir o consumo de combustível, ainda vamos te ajudar a calcular os gastos com ele. Será que vale a pena abastecer com álcool ou gasolina para economizar ainda mais? Saiba a resposta clicando aqui.


Como o pneu certo ajuda na economia de combustível

Após ler todo o conteúdo, recapitulemos os pontos mais importantes:


✅ Optar por pneus com menor resistência ao rolamento e maior eficiência energética, como aqueles classificados como A ou B na etiqueta, permitirá que seu veículo exija menos energia para se movimentar, gerando um menor consumo de combustível ao longo do tempo.


✅ Selecionar pneus adequados ao tamanho e tipo do seu veículo, realizar as manutenções regulares (como o alinhamento e balanceamento) e garantir que o veículo esteja sempre revisado, você pode maximizar ainda mais a eficiência no consumo de combustível.


✅ Escolher o pneu correto para o seu tipo de veículo e evitar o excesso de carga no carro também é uma medida importante para economizar combustível.


Lembre-se de que a escolha do pneu certo não apenas beneficia o seu bolso, mas também contribui para a redução das emissões de gases poluentes. Portanto, ao considerar todas essas dicas na hora de escolher os pneus, você poderá desfrutar de uma direção mais econômica, confortável e ecologicamente consciente.


📃 Gostou do conteúdo? Quer ler outros textos do assunto?

Então, se inscreva em nosso blog e não perca nada do que postamos por aqui!


Nos acompanhe nas redes sociais (Facebook e Instagram), por lá, você recebe novos conteúdos e promoções. 📲

2.111 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page